FERRARI: Tudo o que precisas saber antes do início da temporada

POSTED BY Ruben Manha Setembro 10, 2020 in Fórmula 1
Post thumbnail

Com o lançamento da iteração mais recente da série de F1 produzida pela Codemasters dia 10 de Julho, começamos a caminhar a passo cada vez mais rápido para o início de mais uma temporada na PTRL. Doze rondas que irão colocar à prova os nossos pilotos, naquela que será a quarta temporada da divisão de topo da PTRL no PC.

Estreantes promissores, veteranos que mostram ainda estar aqui para “as curvas” (e retas), e pilotos que têm a oportunidade de aprender imenso e dar-nos algumas surpresas.
Antes da ação em pista dia 13 de Setembro, no circuito de Spa-Francorchamps, no GP da Bélgica, iremos olhar para os line-ups que cada equipa apresentou durante o preparar da nova época.

João Magalhães

A temporada anterior não começa da melhor maneira para Magalhães, com um pião no GP da Grã-Bretanha a retirar-lhe a oportunidade de chegar ao pódio, terminando em quarto lugar, seguido do primeiro pódio, obtendo a única terceira posição em toda a temporada em Montreal, após algumas dificuldades em ultrapassar o colega de equipa Nuno Antunes e Francisco Torres.

O ponto de viragem da temporada ocorre na terceira ronda, no GP da China, em que Magalhães foi dominador, levando o ímpeto para terminar as seguintes cinco de sete corridas no pódio, atingindo o segundo lugar por três ocasiões, e vencendo na Hungria e no Barém, e assim levando á partida para o GP dos EUA uma vantagem de seis pontos sobre Rui Queirós, apesar dos pior conseguidos GP de Espanha e Alemanha.

Tanto Magalhães como Queirós precisavam da vitória em terras do Tio Sam, e o piloto da Ferrari tomou a pole e mostrou-se mais rápido que os rivais, selando o título com a quarta vitória da temporada.

Nuno Rodrigues

Nuno Rodrigues teve um início de temporada bastante difícil. Erros estratégicos, de pilotagem e algum azar em períodos de Safety Car tiraram a oportunidade ao piloto de pontuar nas primeiras sete corridas do campeonato, apesar de não ter abandonado nenhuma prova toda a época.

Consegue atingir os pontos na oitava ronda do campeonato, com décimo lugar em Suzuka, após uma grande luta a três, com Gonçalo Beato e André Costa.

O resultado parece ter motivado uma melhor forma do piloto, que faz oitavo na Austrália e EUA, e também foi nono na Alemanha para nas últimas cinco provas pontuar em quatro delas, sendo o resultado no Japão o pior dos quatro lugares pontuáveis, e concluir a temporada com onze pontos.

O que esperar?

Para Magalhães a expectativa é clara: liderar a Ferrari, ser candidato à vitória em todas as corridas, a revalidação do título e ficar na história como primeiro bicampeão na PTRL PC.

Para Rodrigues, agora ao lado do campeão em título, tem condições para pegar nos melhores resultados da segunda metade da temporada anterior e mostrar progressão, de modo a ser presença regular nos lugares pontuáveis, o que certamente será bem-vindo não só pela dupla de pilotos como pelo palmarés de Nuno Rodrigues, que vai iniciar a sua terceira temporada na divisão principal.

Podem acompanhar a ação em pista dia 13 de Setembro no canal da Twitch da RTP Arena com a transmissão da ronda inaugural, o Grande Prémio da Bélgica.

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *