Regras

1. Equipas e Carros 

As equipas e carros serão distribuídos dependendo da posição final no campeonato anterior pela ordem (Mercedes, Ferrari, Red Bull, Mclaren, Renault, Toro Rosso, Racing Point, Alfa Romeo, Haas, Williams), ou seja primeiro e segundo vão correr de Mercedes, terceiro e quarto de Ferrari e assim sucessivamente.

2. DEFINIÇÕES DE CORRIDA

Duração de corrida 50% 
Qualificação curta
Meteorologia dinâmica
Danos Completo
Corner cutting Rigido
Lobby aberto 15 minutos antes do inicio da sessão

Ghosting OFF

2.1. Assistências

3. CALENDÁRIO

Calendário Sera sorteado com algumas corridas a coincidir com o a competicao F1 Da FIA

4.  PONTUAÇÃO

O sistema de pontuação será o mesmo usado pelo campeonato oficial da FIA formula1 2020
1°Lugar 25pontos
2°Lugar 18pontos
3°Lugar 15pontos
4°Lugar 12pontos
5°Lugar 10pontos
6°Lugar 8pontos
7°Lugar 6pontos
8°Lugar 4pontos
9°Lugar 2pontos
10°Lugar 1ponto
Volta mais rápida 1ponto

4.1  DESCIDAS E SUBIDAS DE DIVISÃO

Descem os quatro últimos pilotos na tabela Classificativa e sobem os quatro primeiros.

Em caso de desistência de algum piloto a direção escolhe o substituto para ocupar a vaga livre.

O piloto que termina o campeonato nos quatro primeiros lugares da classificação geral de pilotos, não pode recusar a subida, caso contrário será despromovido para as Reservas.

5. SOLICITAÇÃO DE INVESTIGAÇÕES DE INCIDENTES

5.1.  As reclamações referentes a incidentes de corrida, deverão ser enviadas ao diretor de prova da divisão correspondente, com a melhor qualidade possível e num prazo máximo de 24 horas após o término da corrida.

5.2. Só serão aceites imagens gravadas pelo piloto, desde que com boa qualidade, não sendo aceites imagens da transmissão.

6.  Análise dos Incidentes

6.1 Todos os incidentes reportados serão investigados pelo tribunal da PTRL, que votará em conjunto na decisão de cada incidente.

6.2. Relatórios de incidentes denunciados serão postados nos chats das respetivas divisões.

Diretores de Prova e Tribunal PTRL:
F1: Ruben Alves
F2: Pedro Borda d’ Água
F3: Fábio Roque
F4: Jorge Correia

7.  PUNIÇÕES

7.1.  Em caso de não absolvição pela comissão de análise de incidentes , será aplicada pela direção da liga, as seguintes punições de acordo com a tabela de penalidades :

7.1.1 Punições Leves:
-5 a -15 segundos na Classificaçao Geral da etapa em questão

7.1.2 Punições Médias:
-20 a -40 segundos na corrida em questao e sem Qualificação na Proxima Corrida

7.1.3 Punições Graves:
A direção reserva-se no direito de punir de diversas formas (retirar pontos, desclassificar, raceban, …), consoante a gravidade do incidente

7.2 O piloto que não apresentar o vídeo de gravação da corrida, no momento do evento do caso em análise, em até 24 horas, será punido com 20 Segundos adicionados ao tempo total da corrida em causa ou na corrida seguinte em caso de desistência.
Caso não existam imagens da parte do piloto em questão, o caso será analisado pelas imagens do piloto queixoso.

7.3  Qualquer situação de anti desportivismo ocorrida nos chats da liga, ou páginas associadas à liga, serão devidamente punidas e intoleráveis.

8. FALTAS DE COMPARÊNCIA

As faltas de comparência serão analisadas regularmente e caso seja ultrapassado o limite de faltas o piloto em questão será automaticamente despromovido para as reservas.
O piloto será automaticamente despromovido em caso de:
– 2 faltas sem aviso;
– 4 faltas com aviso;

Os pilotos devem contactar o Diretor de Prova da divisão correspondente para avisar da falta de comparência.

9.  DECISÕES SOBRE CORRIDA

9.1.  Em caso de queda de conexão que seja superior a 50% da quantidade de pilotos que estão a disputar prova, e a prova estiver com menos de 60% concluída esta ficará anulada e será marcada uma nova data para realização da mesma, sendo esta definida pela direção!
9.1.2 Se a queda de conexão se der depois da qualificação concluída, a mesma não será repetida, repete-se apenas a corrida com o grid personalizado(consoante a qualificação).

9.2.  Em caso de queda de conexão de 100% da quantidade de pilotos que estão a disputar a prova, e a mesma estiver com mais de 50% concluída a direcção se reunirá e dará o parecer sobre o resultado.

9.3.  Em caso de divergências no resultado final por algum erro do jogo, a direção analisará a situação e decidirá o justo resultado final.

10.  CRITÉRIO PARA TÍTULO DE CAMPEÃO

O Título de Pilotos se dará pelo maior número de pontos somados nas etapas e as punições aplicadas. Ocorrendo empate, os critérios abaixo servirão para decisão:
1)       maior número de chegada em 1º lugar;
2)       maior número de chegada em 2º lugar;
3)       maior número de chegada em 3º lugar.
4)       maior número de chegada em 4º lugar.
5)       maior número de chegada em 5º lugar.
6)       maior número de chegada em 6º lugar.

11.  EXPULSÃO DE PILOTOS

A direcção reserva-se no direito de analisar e julgar situação de  exclusão de pilotos durante o decorrer da época. O mesmo pode acontecer por problemas de conexão inadequada, onde interfira directamente no resultado das corridas, comportamento inadequado que coloque em risco o bem estar dos participantes da liga, ofensas e outros.

12.  DIREITO DE IMAGEM
O piloto inscrito e participante autoriza automaticamente a PTRL (Portugal Racing League) a ter o direito de utilização de imagem (caso seja disponibilizada ) do mesmo nas transmissões de sua plataforma na qual se inscreveu, mesmo em caso de desistência da liga.

13. DICAS DURANTE A CORRIDA

Os pilotos devem terminar a corrida, mesmo que seja fora dos pontos. Ter dano terminal propositado ou desistir vai contra a ideologia da liga, sendo que a direção pode agir em caso de ver algum piloto desistir propositadamente. Desistir devido a danos nas asas logo no início do GP não é uma desculpa válida, se o carro estiver a funcionar, é esperado que o piloto termine a corrida, mesmo que isso signifique que fique fora da luta pelos pontos. Se os pilotos não conseguirem concluir 50% ou mais de corridas após o meio da temporada (6 corridas), o piloto corre o risco de perder o seu lugar. A direção tem o direito de remover Pilotos do seu Lugar a qualquer momento.

Corrida limpa em todos os momentos. O contacto é contra as regras e a etiqueta da Formula 1, é importante que o piloto deixe espaço suficiente para outro piloto e evite fazer contacto.

Um piloto não deve ser demasiado agressivo quer no ataque da posição ou na defesa de posição, pois dessa forma promove contacto entre carros e isso é passível de penalização.

Defender de um carro com mudanças de direção excessiva e bloqueio é estritamente proibido. Ao defender-se de outro carro, escolha uma linha na pista e cumpra-a, sem movimentos duplos e sem mover-se na zona de travagem e certifique-se de que o carro atacante tem tempo suficiente para reagir ao seu movimento.

Se o jogo pedir que o piloto conceda um lugar, porque o piloto ganhou ilegalmente uma posição, faça isso apenas se for seguro fazê-lo; É importante que o piloto não cause uma situação perigosa por causa disso.

Não provoquem uma situação perigosa, recuando e indo devagar para evitar filas nas boxes. Por favor, em caso de desistência retorne ao pit lane antes de desistir e façam isso lá, pois não existe ghost e o carro ficará em pista até final a perturbar os restantes pilotos.

13.1. IA/Ghosting

Não é permitido conduzir em inteligência artificial (AI / IA) em nenhum ponto da pista, nem nenhum momento. Isso inclui durante a qualificação, volta de formação, VSC e SC. Não façam isso. Se o piloto quiser desistir da corrida ou durante a qualificação o carro tem de voltar as boxes e depois retirar-se. Qualquer um que não siga este parâmetro, receberá uma proibição imediata de qualificação. Isso pode levar a falhas e bloqueio de pilotos durante a qualificação ou corrida. Em nenhum momento durante a corrida os pilotos são autorizados a entrar em IA, o que pode causar problemas durante a corrida a outros pilotos, especialmente atrás do Safety Car. Exceção é feita se a conexão for perdida.


13.2. Regras de Safety Car
Condução perigosa sob Safety car será punida. Os condutores devem respeitar os que estão à frente e atrás deles. Enquanto o safety car estiver fora, os pilotos devem dar pelo menos espaço igual ao comprimento de um ou dois carros para o carro da frente. Não reduzam abaixo de 90km/h em qualquer momento sob o SC e evitem Travagens súbitas ou perigosas.

Nunca ir AI (pressionar o botão de opções em SC)

Se o piloto é um carro dobrado sobre SC e colocado entre os líderes quando o SC está prestes a terminar, os pilotos devem, na oportunidade mais rápida, mas mais segura sair da linha de corrida e ir mais devagar para um lugar seguro para permitir a passagem dos carros que estão a dobrar.


13.3 Bandeiras azuis

Quando é emitido uma bandeira azul é porque o piloto em causa está prestes a ser dobrado pelo(s) carro(s) Lideres. Ao ser Dobrado, é responsabilidade do piloto deixar passar os líderes em segurança com a oportunidade mais rápida e segura, sem obstruí-los, caso contrário incorrerá numa penalização automática imposta pelo jogo.

Se o piloto estiver mais rápido do que um carro que o dobrou, a menos que seja um ambiente seguro e com espaço para isso, o piloto não pode ultrapassar.

Os pilotos que estão na liderança também precisam estar cientes de que o carro que está ser dobrado pode não conseguir sair do caminho imediatamente em um local seguro. A FIA determina que um piloto pode enfrentar até 3 bandeiras azuis antes da punição. Por favor, tenham isso em atenção.